Eu sei o que você está pensando - A Voz

Aí está um sinal a que todos devem prestar a maior atenção. Isso porque a
voz revela o estado de espírito das pessoas. Quantas vezes, por telefone,
você não percebeu tristeza ou mau humor em alguém do outro lado da
linha simplesmente ao escutá-la? Do mesmo modo, a voz é capaz de
mostrar alegria, disposição, vitalidade. Isso acontece porque, em nosso
cérebro, a voz está ligada a regiões relacionadas às emoções. É por esse
motivo que ela é reveladora. Poucos conseguem disfarçar a voz para
esconder sentimentos. Pesquisas de especialistas sugerem que nossos
pensamentos mais profundos influenciam nosso tom de voz. Tentar
disfarçá-lo significa desejar esconder aquilo que realmente pensamos – o
que, convenhamos, não é exatamente uma prova de honestidade A menos
que a pessoa tenha algum problema que provoque alterações em sua voz -
como oclusão dental, desordens auditivas, distúrbios neurológicos -, basta
atentar a essa pista para descobrir se ela está sendo ou não sincera.
Quando conversar, veja se seu interlocutor apresenta os seguintes sinais e
saiba o que eles significam.

FALAR ALTO
É típico de quem procura, mesmo sem querer, chamar a atenção de todos à
sua volta. Em geral, essa atitude está associada a pessoas imaturas e
inseguras. Algumas guardam raiva ou ressentimento.

FALAR MUITO ALTO
Quem fala alto demais, quase gritando, costuma ser um tipo controlador e
autoritário. Tem os nervos à flor da pele e é provocador.

TOM MUITO AGUDO
Indica pessoa nervosa, agitada, imatura, que pode agir por impulsividade,
causando problemas imensuráveis.

VOZ MUITO BAIXA
Quando forçada, não-natural, indica insegurança e tentativa de dissimular
as reais intenções.

FALA MUITO MANSA
Pode estar associada a tristeza e a alguma raiva escondida. Em geral a
pessoa se acha desinteressante, pouco importante, impotente.

VOZ CONTROLADA
Significa que a pessoa procura controlar o tom de voz para não parecer
arrogante nem pretensiosa – o que, na verdade, quase sempre é.

VOZ TRÉMULA
Indica nervosismo, medo, humor instável. São pessoas que precisam da
aprovação dos outros para se sentir bem.

VOZ MUITO ALTERADA
Aqueles que alteram excessivamente a voz durante a conversa, tornando-se
agressivos, mostram necessidade de “derrotar” a pessoa com quem estão
falando. É como se dissessem: “Quem tem razão sou eu!”.

CHORAM1NGOS
Já reparou? Tem gente que fala como quem está choramingando. Em
geral, essas pessoas guardam alguma insatisfação e querem atenção.

VOZ DE CRIANÇA
Adulto com voz infantil revela imaturidade e necessidade de proteção.

TOM RÍSPIDO
Pessoas que têm tom de voz ríspido costumam estar permanentemente
zangadas. Gostam de discutir e de dominar.

VOZ SENSUAL
Quando forçada, evidencia que a pessoa deseja seduzir os outros, para que
façam aquilo que ela quer.
TOM ARROGANTE
Característico dos tipos mandões, que se acham auto-suficientes em tudo.

FALA MONÓTONA
Aqueles que falam de maneira monótona, sem nenhuma palavra que se
destaca da outra, demonstram desinteresse pela vida e distância dos
próprios sentimentos.

VOZ MELOSA
Também são pessoas que querem seduzir o outro. Em geral, são
dissimuladas: dizem uma coisa e pensam outra.

Pessoas que tenham uma ou mais dessas características devem ser vistas
com cautela. Talvez estejam vivendo alguma fase difícil e passageira, mas
também podem esconder seus verdadeiros propósitos. Na dúvida, é melhor
não abrir demais o coração, para não se frustrar depois. Dê um tempo,
para conhecê-las mais profundamente e verificar se o tom de voz volta (ou
não) ao normal. Se não voltar, tome os cuidados de praxe: não fale mais
do que o necessário para uma convivência sem traumas.